Rede de Líderes

Conheça histórias de pessoas impactadas pela Fundação Estudar que são protagonistas da transformação do Brasil em diversos setores

Anapaulamartinez Anapaulamartinez

Ana Paula Martinez

Jurídico

Harvard

Natural de Vitória (ES), Ana já foi duas vezes reconhecida pelo prestigiado prêmio GCR Award de direito concorrencial como a melhor advogada do mundo com menos de 40 anos. Seu trabalho focado no combate às práticas anticompetitivas trouxe resultados como o fim da exigência de exclusividade nas máquinas de cartão de crédito, algo que elevava os custos para os lojistas e os preços para o consumidor.

Bernardo hees Bernardo hees

Bernardo Hees

Gestão Empresarial

PUC-Rio

O economista já esteve à frente de grandes empresas como a ALL e o Burger King. Enquanto presidiu a operadora logística, foi responsável por revitalizá-la financeiramente. Já na rede de hambúrgueres, Bernardo comandou a operação global e tornou-a a segunda maior do mundo no setor. Em 2013, migrou para a alimentícia Heinz e, dois anos depois, assumiu como CEO da Kraft Heinz após a fusão das companhias.

Gabrielbenarros Gabrielbenarros

Gabriel Benarrós

Empreendedorismo

Stanford

O amazonense sempre se destacou em sala de aula, a ponto de ser aprovado para cursar medicina antes mesmo de concluir o ensino médio. O jovem, contudo, não se familiarizou com a área e optou por estudar fora. Em Stanford, obteve dupla formação em três anos – em economia e psicologia. Nos EUA, criou a Ingresse, plataforma de venda de ingressos online que já recebeu mais de R$ 10 milhões de investidores.

Hugo barra Hugo barra

Hugo Barra

Tecnologia

MIT

Brasileiro mais bem-sucedido do mundo no setor de tecnologia, Hugo conquistou uma carreira ascendente no Google entre 2008 e 2013, até alcançar o cargo de vice-presidente e porta-voz da divisão de Android. Decidiu então aceitar um desafio ainda maior, se tornando responsável pela expansão global da startup chinesa Xiaomi, uma fabricante de celulares. Em 2017, assumiu a área de realidade virtual do Facebook.

Joyce toyota Joyce toyota

Joice Toyota

Gestão Pública

Stanford

Após trabalhar por mais de sete anos em consultorias como Integration e Bain & Company, Joice decidiu cursar MBA & Mestrado em Educação no exterior. Enquanto estudava fora, fundou o Vetor Brasil, uma organização que seleciona jovens talentos para auxiliarem governos do Brasil a desenvolverem projetos nas áreas de educação, desenvolvimento econômico e gestão financeira, a fim de criar um país menos desigual.

Kawoana vianna Kawoana vianna

Kawoana Vianna

Saúde

UFRGS

Apaixonada por pesquisa científica, a gaúcha criou a plataforma Cientista Beta para inspirar e capacitar jovens de ensino médio a se aventurarem no mundo dos projetos. O interesse pelo assunto surgiu devido à avó, diabética, que amputou o dedo após um acidente de trabalho. A jovem criou uma meia cujo o tecido tem nanopartículas que evitam infecções nos pés de diabéticos e, consequentemente, a amputação.

Pedro franceschi Pedro franceschi

Pedro Franceschi

Mercado Financeiro

Stanford

Pedro ficou conhecido aos 12 anos como o garoto que desbloqueou o iPhone ao descobrir uma falha no aparelho, que permitia o uso de chips de operadoras brasileiras. Dois anos depois, a Apple foi vítima do garoto mais uma vez. A assistente por voz Siri só funcionava em inglês, mas o jovem conseguiu fazê-la falar português. Hoje, ao lado do amigo Henrique Dubugras, fundou a startup de pagamento online Pagar.me.

Roger koeppl Roger koeppl

Roger Koeppl

Sustentabilidade

Babson College

Roger já trabalhou como voluntário na Cruz Vermelha na época de enchentes no Rio de Janeiro. A experiência aproximou o jovem da causa dos catadores e do modelo de cooperativas, que viajou até o Canadá para aprender sobre economia solidária. Fundou a cooperativa YouGreen, que realiza coleta seletiva, triagem e logística reversa de resíduos recicláveis, elevando a qualidade de vida e renda dos trabalhadores.

Tabata pontes Tabata pontes

Tábata Pontes

Educação

Harvard

A história de Tábata, que nasceu na periferia de São Paulo, vai contra qualquer estereótipo. Estudiosa, recebeu diversas medalhas por seu excelente desempenho em olimpíadas estudantis dentro e fora do Brasil. Foi aprovada para cursar a graduação em Harvard com bolsa integral e, em 2013, criou o Movimento Mapa Educação – que visa entender, discutir e agir para transformar a educação básica brasileira.

Thiago feijao Thiago feijao

Thiago Feijão

Educação

ITA

O objetivo pessoal de Thiago é levar educação ao maior número de pessoas. O cearense já criou uma instituição que prepara jovens para olimpíadas estudantis e o Instituto Semear, que dá bolsas para universitários com dificuldade financeira. Para ampliar o alcance de suas ações, fundou o QMágico, empresa que permite o aprendizado híbrido por meio de videoaulas, exercícios online e treinamento para escolas.

Wellington vitorino Wellington vitorino

Wellington Vitorino

Gestão Pública

IBMEC-RJ

Estudante de escola pública, o carioca vendia picolé em um Batalhão de Polícia Militar com a condição de apresentar boas notas em seu boletim. Ganhou bolsa para cursar o 3º ano do ensino médio em escola particular e tirou nota máxima na redação do Enem. Atualmente, é responsável pelo ProLíder, uma iniciativa gratuita que prepara os futuros líderes públicos do Brasil por meio de oficinas, debates e mentoria.

Wilian cortopassi Wilian cortopassi

Wilian Cortopassi

Ciências

PUC-Rio

O mineiro Wilian deseja transformar o câncer em uma doença facilmente tratável. O interesse pelo tema veio aos 15 anos, quando o pai foi diagnosticado com câncer de pulmão. De lá para cá, trabalhou por 7 anos com pesquisas científicas no Brasil e publicou 3 artigos em revistas internacionais antes mesmo de se graduar. É doutorando em Química Orgânica pela Universidade de Oxford, onde estuda epigenética.